Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Esta alegra-me porque me faz sentir perfeita...

 


.... e esta porque é mesmo assim ninguém sabe aquilo que aqui vai dentro de mim...

 

 



publicado por meninadesonhos às 00:05 | link do post | comentar

8 comentários:
De Nadine a 18 de Junho de 2008 às 16:42
Olá menina! :)

Eu não me importo se tenho ou não comentários. Até porque só permiti que comentassem á poucos dias.
Escrevo principalmente para mim. Alguns amigos sabem do blog vêem e comentam quando estão comigo. hehe ;) Alguns familiares também seguem o blog.

Eu gosto do teu blog e dos teus comentários queridos. Continua a passar lá.

Gostei dos videos.

Jinhos Grandes para ti!


De João Cordeiro a 19 de Junho de 2008 às 11:05
Olá querida menina de sonhos, obrigada pelo belo e sentido comentário que me deixaste no meu espaço.
Infelizmente é o que dizes os escaparates estão repletos de livros, mas dos que vendem fácil… temos o país que temos.
Pedias desculpa por me tratares por tu. Estás à vontade e deves mesmo fazê-lo, pois a idade está no espírito e não no corpo. Sim, tenho 49 anos, mas sou bonito (promessas).
Querida amiga, quando se ultrapassa a barra dos quarentas, começamos a dar valor a algumas coisas que antes, com o sangue na guelra nem dávamos por isso.
Nós homens também começamos a dar valor a esses pormenores que antes achávamos insignificantes.
Eu próprio já assumi publicamente que dou valor a certas coisas que enfim pensava eu que eram só de “gaja”. A partir de agora a calça tem que roçar o chão sem lhe tocar, sem que, no entanto não esconda a marca da meia quando cruzar as pernas. Fundamental.
De marca, impreterivelmente, tenho actualmente um invejável stock de meias e cuecas tipo boxer, justinhas e de excelente qualidade.
Que melhor sinal dos quarenta que este! Também devo dizer de outra alteração significativa...
Passei a dar importância ao barulho que os sapatos fazem quando ando.
É verdade, o que este gajo se lembra!

Um beijinho de um quarentão sonhador e brincalhão.
Escreve sempre.
JC


De meninadesonhos a 19 de Junho de 2008 às 11:15

...
João as coisas que te lembras-te de dar importância...lol

Mas sem dúvida que são importantes para a nossa auto-estima e valorização pessoal.. agrada-me saber que os homens começam a dar valor a estas pequenas coisas que as mulheres apreciam...

Talvez sejas o próximo Clooney à portuguesa ou então mais um Mourinho cheio de charme e estilo.

Continua com esse espírito jovem, crítico.. Ainda bem que não te vais tornar naqueles homens que se sentam no banquinho do jradim às 9 da matina a jogar a real sueca com os companheiros de "guerra"...

Beijo enorme


De meninadesonhos a 19 de Junho de 2008 às 13:02
Vou continuar a passar sim..

Porque gosto imenso quando os blogs são simplicistas como o teu...

beijokas!


De Perfeito Estranho a 19 de Junho de 2008 às 12:23
Neste caso não te preocupes não causas danos a nenhum leitor pois não tens o player em automático ...

Só carrega no player quem quiser ... logo só gasta quem quer ;)


Beijinhos espero ter-te ilucidado melhor acerca desta cena das músiquinhas ;)


De meninadesonhos a 19 de Junho de 2008 às 13:03
Ilucidas-te e muito...

Obrigado e espero que não me tenhas interpretado mal com o meu comment...mas eu aprendo informática assim mesmo por mim ou então com as explicações dos outros.

Beijos!


De Sonhadoremfulltime a 19 de Junho de 2008 às 14:39
Ó menina, eu ainda sou muito novo para me sentar no banco do jardim a jogar à sueca... quanto muito jogava à lerpa, sempre era possível que ganhasse algum
E não te contei tudo... os homens estão a evoluir, principalmente os quarentões de charme (gaba-te cesto)
Até ali um tipo não tem idade, é simplesmente novo, alegremente sem idade, nem sequer sabe o que é isso da idade. Depois, quando dá por isso, apercebe-se que já não pode renovar o cartão-jovem, é confrontado com o facto de que afinal já começa a ter idade.
Diz-se que surge aqui a primeira crise, a ternura dos quarenta. Mas claro teve um saborzinho diferente, o da descoberta, o da procura dos sinais e efeitos da idade, espécie de obsessão genética.
O problema é que em mim são difíceis de encontrar esses sinais e ainda mais os efeitos, é verdade! Acredita… percorro o corpo em busca de sulcos, mas não encontro. Pelo menos não os vislumbro, nem os apalpo.
Claro que visto de cima, pareço-me cada vez mais com o Santo António, mas também nunca fui de fazer parar o trânsito. Tirando aqueles detalhes fisionómicos, algumas proeminências na zona abdominal de ténue importância, não encontro nada de verdadeiramente significativo.
Não ocorre em mim neste momento nenhum processo de degradação física ou intelectual visível, qualquer sintoma de senilidade mental... o que é que eu estava a falar mesmo?
Insisto com a elegante mania de só usar sapatos pretos com atacadores, mas a sola e o tacão ganharam significados completamente novos para mim.
De modo que naturalmente numa próxima visita à sapataria, levarei em conta tais pormenores e pedirei à empregada que me deixe medi-los antes de ensaiar o andar em diversos tipos de solo.
Se virem alguém experimentar sapatos nos canteiros das plantas, teste de som em solo arenoso, muito provavelmente serei eu.
Se usar boxers Calvin Klein, então serei eu de certeza absoluta.
De resto, cabelos brancos, alguns, calos nos pés alguns, divórcios “nicles.”
Estou, como diria o “Hermano”, melhor que nunca e não fui acusado de pedofilia, de cheirar mal dos pés, de não ter declarado todos os meus desastrosos negócios bolsistas no IRS e não tenho ninguém atrás de mim exigindo-me uma pensão de alimentos.
Sinto-me em forma e comecei a beber dois litros de água com chá da Herbalife por dia no trabalho, outro sinal da idade, mas também resultado das leituras fugazes que faço da Mens Health, por acaso outro sinal da idade.
Vivo num meio-termo nirvânico, conseguindo por um lado pagar as contas triviais, água, luz, aspirinas, ir ao cinema quando o rei faz anos...
Cadeias de fast-food, mas por outro não consigo chegar a um Smart Roadster e ter uma casa com vista para o mar nas Açoteias...
Não terei desgastes nem aborrecimentos. Passados uns aninhos, muitos aninhos lá para a frente, uma miúda do liceu irá confundir-me com o namorado com quem acabou ontem, porque os seus namoros nunca resultaram com miúdos mais novos que ela, e os meus amigos esquecidos da escola primária vão reconhecer-me. À saída de um restaurante e imediatamente perguntar-me-ão.
- Desculpe, penso que andei com o seu pai na escola...
Jamais terei umas rugas de expressão (idade, velhice) como o Jack Nicholson.
Que idade terá o tipo?

Já terá passado dos quarenta?

O homem é um galã, logo nunca deve passar dos trintas e tal.
Eu! Fiz trinta e dezanove.


BEIJOCAS



De meninadesonhos a 19 de Junho de 2008 às 23:00
Fantástico... sem palavras para tal descrição...

Parabéns por seres assim... um exemplo!!



Beijuuu


Comentar post

*Me, Myself anf I
*Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


*Acabadinhos de sonhar...

* Fim

* Braga

* ...

* Conforto

* Partiste

* THE OLD EXCHANGE FOR NEW ...

* Magazine

* Limpeza

* Aconselho

* A felicidade não é plena

*Sonhos Passados

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

*tags

* actualidade

* amargura

* amigas

* amizade

* amor

* aniversário

* aventura

* báu

* blog

* blogesfera

* cinema

* confusão

* contos

* crescer

* desafio

* desfecho

* doente

* dor

* eleições

* escola

* eu

* eu. mundo

* família

* felicidade

* férias

* filmes

* fim

* fim2008

* força

* frio

* funny

* gatas

* gostos

* homens

* interesses

* irritada

* jovens

* loucuras

* mimos

* moda

* morte

* mulheres

* mundo

* música

* musica

* natal

* nós

* nos

* novo ano

* outros

* pai

* paixão

* passado

* pertubação

* praia

* prenda

* revista

* ronda

* sem-abrigo

* sensações

* sociedade

* trabalho

* tu

* viagem

* viagens

* vida

* todas as tags

blogs SAPO
*subscrever feeds