Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Aconteceu...

 

A tentação falou mais alta e ele não conseguiu resistir... Sabia que amava com todas as suas forças a sua mulher mas a tentação falou mais alto, as hormonas e o desejo... a vontade de conhecer outro ser, outro corpo, outra mulher, outra forma de estar despertou-lhe um desejo incontrolável...

 

Agora o sentimento de culpa absorvia-lhe as forças e ele não sabia estar... pensava... "Como fui capaz de algo que em nada me deu prazer?; Por simples capricho sinto-me fraco, culpado e nojento?; Como sou capaz de dizer que te Amo quando no fundo já te traí, já beijei outras bocas?"

 

Sentia-se mal quando se deitava ao lado da mulher que amava, e agora o seu maior medo era que ela descobri-se e a perde-se para sempre...

Mas sabia que aquilo não pudia continuar... não pudia continuar a sorrir sabendo a asneira que tinha feito...

 

Decidiu que havia de lhe contar... sabia o que estava a arriscar, mas tb sabia que precisava da verdade dentro do seu ser... afinal de contas aquela mentira corroía-lhe o ser...

Contou-lhe e pediu imensas desculpas...

O pior aconteceu... como óbvio e apesar de ela o amar não o perdoou...

Ele sofreu horrores e pensou no pior... só deu valor ao que tinha quando sentiu que o pudia perder...

 

Não quis saber de mais ninguém... apenas ela lhe interessava... quis lutar por ela...

Fez tudo ao seu alcance... ela não queria nada...amava-o, mas tinha medo de outra traição, mas também sentia que a amizade dele não lhe chegava...

Na verdade, ela queria que ele rasteja-se aos seus pés, sofresse, chorasse por ela...

Depois de muita luta... de muito sofrimento...mágoa e choro, ela aceitou uma saida com ele... á beira-mar... um jantar romântico com tudo o que tinha a direito...

 

Ela adorou....

 

Mas não quis mostrar, afinal de contas tinha que se mostrar durona... tinha sido traída...

Conversaram, esclareceram muitas coisas... amaram-se com as trocas de olhares e no final, com a entrega de uma rosa, beijaram-se, era como se fosse o primeiro beijo deles...

Estavam dispostos a começar do zero, a vencer esta luta..

Mas ambos sabiam que não ía ser fácil, afinal uma traição não se esqueçe assim..

No final, deram as mãos e percorreram aquele longo areal, com a luz da lua a iluminar o seu caminho...

 

 


Feel: um pouco inspirada
tags:

publicado por meninadesonhos às 19:18 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



*Me, Myself anf I
*Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


*Acabadinhos de sonhar...

* Fim

* Braga

* ...

* Conforto

* Partiste

* THE OLD EXCHANGE FOR NEW ...

* Magazine

* Limpeza

* Aconselho

* A felicidade não é plena

*Sonhos Passados

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

*tags

* actualidade

* amargura

* amigas

* amizade

* amor

* aniversário

* aventura

* báu

* blog

* blogesfera

* cinema

* confusão

* contos

* crescer

* desafio

* desfecho

* doente

* dor

* eleições

* escola

* eu

* eu. mundo

* família

* felicidade

* férias

* filmes

* fim

* fim2008

* força

* frio

* funny

* gatas

* gostos

* homens

* interesses

* irritada

* jovens

* loucuras

* mimos

* moda

* morte

* mulheres

* mundo

* música

* musica

* natal

* nós

* nos

* novo ano

* outros

* pai

* paixão

* passado

* pertubação

* praia

* prenda

* revista

* ronda

* sem-abrigo

* sensações

* sociedade

* trabalho

* tu

* viagem

* viagens

* vida

* todas as tags

blogs SAPO
*subscrever feeds